Desde a última vez que fechei meu caderno, muita coisa mudou. Muitos pensamentos mudaram, muitas atitudes mudaram, muitos amigos mudaram também e isso é bom [Você vai conferir figurinhas novas marcando presença nos comentários]! Desde a última vez que fechei meu caderno, fiquei pensando em quando deveria reabrí-lo. O tal do “momento certo” talvez seja uma coisa que nunca chega pra ninguém. Na verdade, quando o tal “momento” chega, todo mundo é avisado, menos você mesmo. Aí você vai lá e faz o que tem que fazer, sem pensar exatamente se aquele é o momento certo ou não, mas confiante no coro de anjos que diz: “pronto, agora podeis passar”.

Continue lendo