[Blog do Jeff agora com trilha sonora! Clique no player aí embaixo e leia o texto com som!]

Na quinta passada estava na casa do Pastor, em mais um desses dias de muito trabalho e pouco tempo para pensar em coisas que não tenham a ver com trabalho. Depois de fazer mais uma arte e redigir mais um texto quase que mecanicamente, me deixaram sozinho no escritório e pude pensar um pouco. Existem épocas da sua vida que são um pouco complicadas, períodos em que você é tão “prensado” que, às vezes, você pede a Deus para parar de falar, tampando os ouvidos.

Foi o que eu fiz naquela tarde, sentado na varanda. Sozinho, sem querer ouvir o Pastor chamando para jantar pela enésima vez, parecia que muito do que eu já tinha ouvido e aprendido estava voltando à memória. O problema é que aquilo tudo era tudo o que eu não queria ouvir, e tapei os ouvidos, chorei, pedi a Ele que parasse. Nada adiantou. Conversão é dar razão a Deus diariamente, é entender que existem verdades que são realmente inquestionáveis.

***

“Se alguém quiser ser o primeiro, será o último e servo de todos” (Mc. 9.35)

“Os reis das nações dominam sobre elas; e os que exercem autoridade sobre elas são chamados benfeitores. Mas, vocês não serão assim. Ao contrário, o maior entre vocês deverá ser como o mais jovem, e aquele que governa, como o que serve. Pois quem é maior: o que está à mesa, ou o que serve? Não é o que está à mesa? Mas eu estou entre vocês como quem serve.” (Lc 22.25-27)

“Eu lhes dei o exemplo, para que façam como eu fiz” (Jo 13.15)

“Eu te louvo, Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, pois assim foi do teu agrado.” (Lc 10.21)

“Não é certo tirar o pão dos filhos para dar aos cachorrinhos… Mas os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos filhos.” (Mt 7.27-28)

“Bem aventurados os pobres em espírito: deles é o Reino” (Mt 5.3)

“Assim, muitos últimos serão os primeiros, e vice-versa. Porque muitos são chamados, mas poucos são escolhidos” (Mt 20.16)

“Deus escolheu o que para o mundo é loucura para envergonhar os sábios, e escolheu o que para o mundo é fraqueza para envergonhar o que é forte. Ele escolheu o que para o mundo é insignificante, desprezado e o que nada é, para reduzir a nada o que é, a fim de que ninguém se vanglorie diante dEle. É, porém, por sua iniciativa que vocês estão em Cristo, o qual se tornou sabedoria de Deus para nós, isto é, justiça, santidade e redenção, para que, como está escrito: ‘Quem se gloriar, glorie-se no Senhor”

“Da boca dos pequeninos, fundaste teu nome como fortaleza, para silenciar o inimigo que busca vingança” (salmo 8.2-3)

“Ele levanta o pequenino do pó, e do lixo, levanta o necessitado” (salmo 113.7)

“Deus se opõe aos orgulhosos, mas dá graça aos humildes” (Tiago 4.6 | Provérbios 3.34)

“A espada fere o pastor, as ovelhas sairão correndo, mas eu colocarei minha mão sobre os pequeninos” (Zacarias 13.7)

“Uma pessoa só recebe o que lhe é dado dos céus. Vocês mesmos são testemunhas do que eu falei: eu não sou o Cristo, mas fui enviado adiante dele. A noiva é do noivo. O amigo que presta serviço ao noivo e que está ali, atendendo e ouvindo, fica alegre quando ouve a voz do amigo se aproximando. Esta é a minha alegria, e agora ela está completa: é necessário que Ele cresça e eu me torne pequenino.” (João Batista em João 3.27-30 – grifo meu)

***

E eu, não quero ser nada, Senhor.

Anúncios