Amo design, mas cansa, sabe?
Ligeiramente eu gostaria muito que as pessoas viessem falar comigo e não usassem os termos “arte, photoshop, montagem, corel, imagem, camiseta, slogan” e todo o raio que o parta. Eu acho que sou alguma coisa melhor do que aquilo que eu faço. Tenho dito. Humpf

E pra acompanhar o momento stress, aí vai uma mensagem para todos os meus amigos de luta. “Os sintomas do designer convicto”. Desaprendi a mexer no corel, amnésia por duas semanas, beijos.

Continue lendo